Palavras…

Este som ritmado da chuva a bater na janela, trocava-o pelo som da tua voz para que por uma ultima vez conseguisse sentir o meu coração abrandar à medida que conversas comigo…ilude-me, convence-me e preenche-me de sonhos que nunca vais cumprir pois apesar de eu saber que não passam de meras promessas durante momentos eu fico calma…
Por instantes eu acredito que neste mundo existe alguém com a capacidade de melhorar o meu dia nem que seja por pequenos e simples momentos com humildes palavras de carinho, nesses momentos fecho os olhos mas mais tarde ou mais cedo quando os abrir a tempestade já passou, e a chuva deixou de cair assim como as tuas palavras deixaram de existir…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s