Um final feliz

Eu disse que não, e fechei os olhos…serrei os punhos com toda a força que tinha no momento, recusei-me a aceitar, recusei deixar cair a lágrima que teimava verter…gritei comigo, em silêncio…

De todos os momentos difíceis que já tive na vida, dizer adeus é sem dúvida o que mais me transtorna…não gosto…e pronto.

Nunca sei se é um adeus, um até já…não tenho por característica ser medrosa ou cobarde, mas dou por mim nesse momento a dizer adeus vezes sem conta como se sofresse de síndrome compulsivo…talvez esperando que o adeus não aconteça e que mais tarde a saudade não apareça, porque eu sei que vai aparecer.

Sempre me custou deixar aqueles que amo partirem, porque me afeiçoo, porque não me importo de sofrer para não ver dor nos outros. Por isso me despeço sempre com um sorriso e uma piada, enquanto a alma se contorce por dentro. Dou demais de mim, tanto que sempre que alguém parte, é como se levasse uma parte de mim, uma parte que dói, que é arrancada com a despedida…com o adeus que tanto tento ignorar.

Os dias passam, e a despedida fica mais turva, mais esquecida, menos dolorosa…mas não há nada nem ninguém que apague a saudade…que quando me invade, é como uma facada no peito, um aperto nos pulmões e o nó na garganta…e mais uma vez fecho os olhos e nego-me a sofrer…nego que esta dor me impeça de seguir em frente porque eu sei que este sentimento de agonia é provisório…até eu conseguir aceitar que nem todos os que amo vão ficar sempre por perto…

Por vezes um adeus, é um até já…e um até já pode ser um adeus…nunca irei saber e por isso a minha negação. Talvez um dia perceba, talvez um dia aceite, mas os momentos deviam ser cautelosamente planeados para que os sentimentos pudessem ser organizados…

Alegria de rever-Alegria de Viver-Alegria de Estar Junto-Preocupação de Afastar-Pensar no Adeus- O Adeus- A Dor- A Saudade-Negação-Aceitação-Alegria de rever…

Mas se assim fosse a vida seria como um livro, cheia de capítulos, com inicio meio e fim…mas na minha vida mando eu e enquanto tiver páginas em branco para escrever a minha história vai desenrolar-se por paisagens lindas, com personagens únicas e criadas à medida, enquanto acreditar que a despedida reversível, a minha história vai dar voltas e voltas até eu ter o meu final feliz.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s