Quando me beijas…

E quando me beijas o mundo pára,

Quando me tocas o meu corpo treme,

Fazes-me duvidar do meu próprio ser…

Fico tonta, fora de mim.

Tento manter-me firme, atinada, para não perder o juízo…

Quando me agarras pelo pescoço e me roubas um beijo, todos os beijos.

Por mim, por ti, passava horas a acariciar os teus lábios,

A sentir a tua respiração no meu pescoço,

As tuas ferradelas no meu queixo…

Por ti, perco o juízo, a vontade de ir embora.

E de cada vez que me fazes sentir mulher eu dou-te o meu sorriso.

Eu dou-te tudo, o que tenho, o que não tenho, o que te faz feliz.

Se de cada vez que me fazes sentir completa se acendesse uma estrela,

Todas as noites seriam estreladas.

Cada vez que me beijas, sou tua.

Por isso,

Beija-me.

Beija-me hoje.

Beija-me sempre. Para sempre.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s