Outro dia

Gostava de ter coragem para desistir…não de mim…mas dos outros…de coisas e memórias que carrego com raiva…
Queria conseguir deixar toda a bagagem acumuluda e seguir apenas com o que me cabe no bolso e no coração. Será a vida assim tão dura que nos obriga a carregar pesos e dores malignas, dores que me cortam a meio, que me dividem entre aquilo que quero e aquilo que anseio ter…
A alma pesa mais que o corpo, a vontade de sair diminui drasticamente, a dor aumenta e pressiona-me o peito! Quero sair, respirar, sorrir, viver em paz…
Fecho-me nas palavras, fecho-me no meu canto na esperança que algo ou alguém me devolva a vontade de ser eu…a espera custa, as saudades magoam, a solidão dói, mas será que compensa?
Quero viver a pensar que amanhã é outro dia, mas será apenas outro dia…
Hoje é simplesmente um dia não.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s